Skip to Content

Plataforma Brasileira do DRM - Digital Radio Mondiale, também conhecido como RDM - Rádio Digital Mundial.

9 de abril de 2012 marca o final oficial dos testes e avaliações do Rádio Digital no Brasil

De acordo com a portaria n. 59 de 7 de fevereiro de 2012, o prazo para
realização dos testes e avaliações do Rádio Digital no Brasil terminou em
9 de abril de 2012.

No entanto acreditamos que esse prazo deva ser extendido até final de maio visto que em maio acontecerá mais um teste com o DRM+ em Brasília por uma rádio comunitária.
Os testes com o HD Radio estão sendo conduzidos de forma silenciosa com o apoio da Abert.

Equador inicia testes oficiais com o DRM

O órgão regulador das comunicações do Equador, o SUPERTEL, em um convênio com a UNP (Unión Nacional de Periodistas) e com a rádio HCJB irá iniciar testes oficiais com o DRM em 820kHz OM na cidade de Quito.

Com este fato o Equador se torna o segundo país sul-americano, depois do Brasil, a iniciar uma avaliação oficial do DRM como possível padrão de rádio digital nacional.

Texto original da reportagem em espanhol:
http://radioworld.com/article/gustavo-orna-conversa-sobre-pruebas-de-drm...

DiBcom entra para o Consórcio DRM

Uma das maiores fabricantes de chipset do mundo, a DiBcom, anunciou oficialmente essa semana sua filiação ao Consórcio DRM.
De acordo com a DiBcom um chipset com suporte completo para recepção do DRM (DRM30 e DRM+) será lançado entre o final desse ano e o início de 2013.

Presidente da Subcomissão Especial do Rádio Digital fala sobre as contribuições que darão ao MiniCom

Link original da entrevista feita pela Abert:
http://www.abert.org.br/site/index.php?/noticias/todas-noticias/parlamen...

--
Parlamento:Deputado Manoel Junior (PMDB- PB)

Subcomissão pretende ajudar na escolha de padrão digital adequado ao rádio brasileiro

Argumentos pela adoção do padrão DRM para o Rádio Digital no Brasil

Prorrogado até abril o prazo para testes de rádio digital no Brasil

Retirado do site do Ministério das Comunicações de
http://www.mc.gov.br/noticias-do-site/24055-080212-prorrogado-prazo-para...

08/02/12 - Prorrogado prazo para testes de rádio digital

Brasil analisa sistemas europeu e americano em quatro capitais do país

Brasília, 8/02/2012 - O Ministério das Comunicações prorrogou até abril o prazo para testes com os sistemas de digitalização do rádio. As análises são realizadas para as faixas de FM – incluindo emissoras comunitárias, que têm uma potência menor – e AM (ondas médias) em quatro capitais: Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Serão analisados os resultados de dois sistemas de rádio digital. O padrão europeu (Digital Radio Mondiale) está em fase final de exame, enquanto o americano (In band on Chanel) deverá ter as análises iniciadas em breve.

A defesa do padrão DRM por um rádio digital brasileiro e mundial

Posicionamento da Rede DRM-Brasil foi defendido por Thiago Novaes, da Rádio Muda, no Fórum de Mídia Livre, para escolha do padrão tecnológico de rádio digital que atenda às baixas-potências e impulsione um desenvolvimento tecnológico mundial.

Publicado originalmente em http://www.ciranda.net/porto-alegre-2012/article/por-um-radio-digital-br...

Foto: III FML debate apropriação tecnológica, por Stella Oliveira/Ciranda

UIT publica a recomendação para radiodifusão terrestre entre 30MHz e 3GHz com o DRM+ incluso

A UIT (União Internacional de Telecomunicações) acabou de publicar a nova revisão (12/2011) da ITU-R Rec. BS.1114 que inclui o DRM+ como sistema de broadcasting recomendado para a faixa entre 30MHz e 3GHz (o DRM30 já está presente na recomendação para radiodifusão abaixo dos 30MHz a muitos anos).

Com esse fato o DRM se torna, agora reconhecido oficialmente pela UIT, o único sistema de radiodifusão sonora terrestre que funciona em todas as bandas alocadas para essa finalidade, que nas Américas são: Ondas Médias, Ondas Curtas e VHF.

Mais informações no site do DRM:
http://www.drm.org/news_item/_ITU_endorses_DRM%252B_

NXP lança chipset multi-padrão com suporte ao DRM30 e já preparado para DRM+

No dia 10 de janeiro de 2012, durante a CES, a NXP apresentou para o mundo o primeiro chipset multi-padrão para a recepção de rádio.

A plataforma SAF356X da NXP suporta os padrões de rádio DRM30, HD Radio e DAB/DAB+/T-DMB. O coprocessador está pronto para o DRM+, mas o firmware ainda não foi lançado. De acordo com representantes da NXP o suporte ao DRM+ consiste numa atualização de software somente.

Pela primeira vez temos um chipset que irá suportar as duas variações do DRM, o DRM30 e o DRM+. Esse fato abre as portas para a adoção do DRM por completo no Brasil visto que com esse chipset será possível construir receptores DRM completos a um baixo custo.

AMARC-Europa e o Fórum Europeu de Mídia Comunitária defendem a adoção do DRM+ na faixa do FM

Em uma carta publicada recentemente pela Amarc (Associação Mundial de Rádios Comunitárias) e o Fórum Europeu de Mídia Comunitária é requisitado à Comissão Européia que não sejam deixados a parte da digitalização os meios comunitários e livres de radiodifusão.

Leia a carta aqui:
http://www.drm.org/uploads/files/CMFE_AMARCEUROPE_DIGITALREVOLUTION_1912...

Mais informações no site do DRM:
http://www.drm.org/news_item/Community_Radio_stations_ask_for_the_introd...

Divulgar conteúdo


X