Skip to Content

Plataforma Brasileira do DRM - Digital Radio Mondiale, também conhecido como RDM - Rádio Digital Mundial.

Argumentos pela adoção do padrão DRM para o Rádio Digital no Brasil

Prorrogado até abril o prazo para testes de rádio digital no Brasil

Retirado do site do Ministério das Comunicações de
http://www.mc.gov.br/noticias-do-site/24055-080212-prorrogado-prazo-para...

08/02/12 - Prorrogado prazo para testes de rádio digital

Brasil analisa sistemas europeu e americano em quatro capitais do país

Brasília, 8/02/2012 - O Ministério das Comunicações prorrogou até abril o prazo para testes com os sistemas de digitalização do rádio. As análises são realizadas para as faixas de FM – incluindo emissoras comunitárias, que têm uma potência menor – e AM (ondas médias) em quatro capitais: Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Serão analisados os resultados de dois sistemas de rádio digital. O padrão europeu (Digital Radio Mondiale) está em fase final de exame, enquanto o americano (In band on Chanel) deverá ter as análises iniciadas em breve.

A defesa do padrão DRM por um rádio digital brasileiro e mundial

Posicionamento da Rede DRM-Brasil foi defendido por Thiago Novaes, da Rádio Muda, no Fórum de Mídia Livre, para escolha do padrão tecnológico de rádio digital que atenda às baixas-potências e impulsione um desenvolvimento tecnológico mundial.

Publicado originalmente em http://www.ciranda.net/porto-alegre-2012/article/por-um-radio-digital-br...

Foto: III FML debate apropriação tecnológica, por Stella Oliveira/Ciranda

UIT publica a recomendação para radiodifusão terrestre entre 30MHz e 3GHz com o DRM+ incluso

A UIT (União Internacional de Telecomunicações) acabou de publicar a nova revisão (12/2011) da ITU-R Rec. BS.1114 que inclui o DRM+ como sistema de broadcasting recomendado para a faixa entre 30MHz e 3GHz (o DRM30 já está presente na recomendação para radiodifusão abaixo dos 30MHz a muitos anos).

Com esse fato o DRM se torna, agora reconhecido oficialmente pela UIT, o único sistema de radiodifusão sonora terrestre que funciona em todas as bandas alocadas para essa finalidade, que nas Américas são: Ondas Médias, Ondas Curtas e VHF.

Mais informações no site do DRM:
http://www.drm.org/news_item/_ITU_endorses_DRM%252B_

NXP lança chipset multi-padrão com suporte ao DRM30 e já preparado para DRM+

No dia 10 de janeiro de 2012, durante a CES, a NXP apresentou para o mundo o primeiro chipset multi-padrão para a recepção de rádio.

A plataforma SAF356X da NXP suporta os padrões de rádio DRM30, HD Radio e DAB/DAB+/T-DMB. O coprocessador está pronto para o DRM+, mas o firmware ainda não foi lançado. De acordo com representantes da NXP o suporte ao DRM+ consiste numa atualização de software somente.

Pela primeira vez temos um chipset que irá suportar as duas variações do DRM, o DRM30 e o DRM+. Esse fato abre as portas para a adoção do DRM por completo no Brasil visto que com esse chipset será possível construir receptores DRM completos a um baixo custo.

AMARC-Europa e o Fórum Europeu de Mídia Comunitária defendem a adoção do DRM+ na faixa do FM

Em uma carta publicada recentemente pela Amarc (Associação Mundial de Rádios Comunitárias) e o Fórum Europeu de Mídia Comunitária é requisitado à Comissão Européia que não sejam deixados a parte da digitalização os meios comunitários e livres de radiodifusão.

Leia a carta aqui:
http://www.drm.org/uploads/files/CMFE_AMARCEUROPE_DIGITALREVOLUTION_1912...

Mais informações no site do DRM:
http://www.drm.org/news_item/Community_Radio_stations_ask_for_the_introd...

Novidades a respeito de receptores vindas do Peter Senger

O ex-CEO do DRM e grande apoiador da adoção do DRM no mundo mandou ao DRM-Brasil um update sobre receptores.

- O CNDSE DR111 vai estar disponível para vendas a partir de abril de 2012.
http://www.cdnse.com/products/dr111/

- O receptor Uniwave já está em pré-venda e já pode ser pedido mediante a pagamento antecipado (com o próprio Peter).

- A NXP vai demonstrar em janeiro um receptor de rádio para automóvel multiplataforma (com suporte total ao DRM).

- A MS Way desistiu de produzir os receptores DRM demonstrados na IBC em Amsterda.

Rádio RFI/TDF transmitindo em onda curta no modo digital DRM da Guiana Francesa para o Brasil

English version by DRM North America here!

Em uma iniciativa do Ministério das Comunicações, da Universidade de Brasília e da Empresa Brasil de Comunicação ao longo das próximas semanas haverá transmissões de testes em DRM para o Brasil com origem na estação da RFI/TDF na Guiana Francesa. A programação em português é oriunda da Rádio Nacional FM de Brasília.

Até o momento já houve transmissões DRM em 17.495 e 21.495 khz.

Horários previstos:

Frequencia | Horário (-2h p/ Brasilia) | Datas
15.315 ou 17.495 khz | 11:00 as 13:00h UTC | 05 a 09/dez
21.495 khz | 12:00 as 13:00h UTC | 09/dez
21.495 ou 17.495 khz | 12:00 as 14:00 e 16:00 as 18:00h UTC | 12 a 16/dez
17.495 khz | 18:00 as 20:00h UTC | 19 a 21/dez

Recepções perfeitas (> 98% de decodificação) já foram conseguidas no Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina e Paraná.

Brasil pode ter 100% de território coberto com somente 4 emissoras DRM30 trabalhando em SFN

Em uma conversa na lista do DRM-Brasil, Carlos Mourato da DW de Sines, Portugal afirmou:

"Eu em tempos já disse num forum, que para o Brasil, ficar com uma cobertura
total, bastavam 4 emissores de 100Kw ou 200Kw em SFN em DRM30. Um em Belem,
outro lá para os lados de Recife ou João Pessoa, outro na fronteira Oeste
na zona de Porto Velho em Rondônia, e outro para o Sul, Porto Alegre ou por
aí!!!...Tudo em SFN e tava o Brasil coberto com toda a qualidade. Imaginem
quantos emissores de FM de 4Kw seriam precisos para fazer a cobertura geral

Evento sobre gestão do espectro irá debater Rádio Digital

O evento ESC (Espectro, Sociedade e Comunicação) que irá ocorrer nos dias 1 e 2 de dezembro na Unicamp terá uma mesa no dia 2 com o objetivo de debater dentre outros assuntos o Rádio Digital no Brasil.
A participação no evento é aberta e contará com a presença de membros do DRM-Brasil.
Todos os interessados estão convidados!

Site do evento com a programação:
http://www.preac.unicamp.br/esc/

Divulgar conteúdo


X